sábado, 9 de julho de 2011

* Conheça o Recife - Circuito Brasil Holandês

Rua do Bom Jesus


Mais um sábado passeando no Projeto Conheça o Recife. Um projeto de sensibilização turística.
Hoje com o Circuito Brasil Holandês.


O projeto já começa bem, pois o ponto de encontro é no Bairro do Recife Antigo.
Tem lugar mais bonito???





Sempre a pergunta que não quer calar: se Pernambuco fosse colonizado pelos holandeses, não seria diferente?? Não seria melhor?? Não!!
Impossível falar do Brasil Holandês sem falar de Maurício de Nassau (este era o nome "brasileiro" dele. Seu verdadeiro nome era Johann Moritz). Apesar de Maurício de Nassau ser alemão, ele tinha família holandesa também e por isso se considerava holandês.

Mas poderia ser pior se nossa colonização fosse holandesa. Nassau foi uma exceção.
Os holandeses só queriam o açúcar e Maurício de Nassau era mais que um conde, mais que um militar, ele queria era construir seu próprio império. Quando ele chegou aqui, a população vivia nas piores condições possíveis. E viu em Pernambuco sua grande chance. Ele foi "O" cara em Pernambuco! Construiu o Recife urbanístico, paisagístico e cultural. Nassau mandou urbanizar a cidade, contruiu observatório astronômico, jardim botânico, drenou pântanos ....

Ele como governador cativou a população de tal forma que as pessoas ajudavam espontaneamente suas obras para modernizar a cidade. Tem até a história conhecida que ele quis construir um zoológico, e a população doou animais selvagens, sem que ele pedisse!!

Deixa eu contar a história mais conhecida dele: A história do Boi Voador, em 1644.
Ponte Maurício de Nassau
(História comprovada por documentos e fontes)
Ele contruía a cidade mas era muito gastador. Já tinha vindo trabalhar no Brasil pra pagar as dívidas que tinha deixado na Holanda. Mania de construir castelos. rsrs
Mas resolveu contruir a 1ª ponte das Américas!! Claro que não liberaram o dinheiro pra ele. "O preço do acúçar despencou, a companhia estava perdendo rios de dinheiro e Nassau vem falar de ponte??"

Mas ele contruiu a ponte! E pra poder pagar fez o seguinte: disse que quem passasse pro lado de cá da ponte ia conseguir ver o boi voar. A população veio toda!! rsrs ... só numa tarde ele conseguiu pagar a ponte!
Então ele mandou empalhar um boi, num final de tarde marcou o espetáculo, fez um boi aparecer andando de um lado, passou o boi empalhado voando por um cabo de aço e outro boi igualzinho apareceu do outro lado!!! Ou seja, ele usou 3 bois!! rsrs. E a população foi ao delírio!!!
Imagina! O povo já adorava ele e depois dessa!!

Mas sabe porque ele, um governador adorado, entregou o cargo e foi embora de Pernambuco, deixando muita saudade???
Por que muito senhores de engenhos fizeram empréstimos com os holandeses. Seus patrões pediam pra Nassau cobrar de uma vez só e Nassau achava que não devia, ele não concordava com esta forma de cobrança, vocês sabem a dureza de se pagar uma dívida alta de uma vez só, né??? rsrsrs
Nassau também sabia e aliviava, mas acabou sendo chamado pra voltar e mandaram dois generais pra governar Pernambuco .... mandaram duas almas sebosas, como se diz aqui em Recife. Uma gíria pra falar que a pessoa não presta. rsrsrs ...

Antes de Maurício de Nassau chegar em terras brasileiras, tivemos 3 batalhas contra os holandeses. Mas eles perdiam a batalha mas não a guerra, e continuavam em terras pernambucanas.
O palco da 2º batalha foi na localização da Praça de Casa Forte.

Hoje uma praça linda com projeto de Burle Max. A praça é dividida em 3 áreas: plantas tropicais, plantas amazônicas e plantas exóticas.
Tem dois espelhos d'água, um deles com plantas amazônicas como a vitória-régia.


Mas na época do Brasil Holandês, foi o palco de uma grande batalha.
Os holandeses derrotados na 1ª batalha na cidade de Vitória de Santo Antão, vieram pra cá e quiseram montar trincheira nesta área.
Logo no engenho de uma mulher arretada de esperta!! rsrs.... A pernambucana Anna Paes, uma senhora avançada e corajosa pra época. Os holandeses aprisionaram as mulheres no engenho, e tentaram usar as matronas pernambucanas como escudos!! Mas .... oh, povo burro!! Não sabem que as mulheres pernambucas e nordestinas são valentes e destemidas??? rsrs
Fracassou o plano e os holandeses perderam a 2ª batalha contra os pernambucanos. E os holandeses fogem para onde hoje é o Forte das Cinco Pontas para tentar ocupar.

Então, com a saída de Nassau, com a pressão dos holandeses cobrando as dívidas e explorando o nosso açúcar, os brancos, negros e índios se juntaram para expulsar os holandeses, eis que acontece a Insurreição Pernambucana.

A 3ª e útima batalha com os holandeses, aconteceu no Monte dos Guararapes, considerado o berço do exército brasileiro.

E esta batalha só foi vencida porque foi totalmente feita por estratégia. Os donos de terras, os negros e os índios se juntaram e lutaram durante 9 anos para expulsarem os holandeses. Eram 2.000 combatentes enfrentando um exército holandês com 6.000 soldados. Mas foi na base da estratégia que vencemos!!!
Os principais hérois nesta batalha foi João Fernandes Vieira, um senhor de engenho, André Vidal de Negreiros, um dos melhores soldados da época, Felipe Camarão, um índio e Henrique dias, um negro.
Insurreição pernambucana
A estratégia foi a seguinte: Sabendo que o exército holandeses estava vindo e tomando todas as terras, Felipe Camarão ficou defendendo o lado direito da entrada dos Monte dos Guararapes. Do lado esquerdo ficou Henrique Dias, no meio ficou Fernandes Vieira e na retaguarda ficou André Vidal de Negreiros.
Armou-se a emboscada, atraiu o inimigo e quando eles atacaram e correram pro lado direito pra fugir, deram de cara com o grupo de Felipe Camarão e foram derrotados pelos índios. Tentaram correr pro outro lado e deram de cara com um exército de negros e perderam. Ou seja, ficaram cercados e perderam a batalha e a guerra!! Foi nesta batalha que deu origem ao Exército Brasileiro.

Os holandeses foram expulsos, entregaram armas, canhões, ouro e foram embora. Mas com essa expulsão foi feito um acordo entre Portugal e Holanda onde entregamos 63 toneladas de ouro de indenização para a Holanda. rsrsrs .... A gente expulsa o inimigo e ainda paga indenização!!! rsrs ...

E hoje, o Parque Histórico Nacional dos Guararapes é um dos lugares mais importante do Brasil. O "Berço da Pátria", como é conhecido.


E onde fica a Igreja Nossa Senhora dos Prazeres.





Foi construída em agradecimento aos habitantes por vencerem os holandeses na Guerra da Restauração Pernambucana.



Igreja no estilo barroco, com altar folheado a ouro. A igreja foi construída por pedras dos arrecifes e revestida por azulejos portugueses.



A igreja foi toda contruída por pedras dos arrecifes, retiradas da praia de Piedade.

Chamada de pedra calcária, pedras de fontes marinhas.

A gente reparando bem dá pra ver até conchinhas. 
Reparem!!

Ainda uma parede da época onde estão enterrados os restos mortais de André Vidal de Negreiros e João Fernandes Vieira, os heróis da Insurreição Pernambucana.

E ainda 4 placas em homenagens aos outros heróis onde seus restos mortais estão em lugares incertos.



No altar mor, a imagem de Nossa Senhora dos Prazeres vinda de Portugal.




E dois altares laterais.


E bem perto da igreja, ainda no Monte dos Guararapes, o Mirante recontando tudinho o que acabei de contar!! rsrsrs ....

A parte mais alta do Monte dos Guararapes, o Mirante.









 Daqui que os heróis ficavam de olhos abertos atrás dos inimigos chegando!!



Contando toda história através de mapas e maquetes.








Acabou!!!
Me empolguei tanto que contei toda a história dos holandeses em terras pernambucanas!
É porque acho mesmo interessante.
E não é???


E também porque além de hoje em dia eu ter virado pernambucana, também virei fã de Maurício de Nassau como todo pernambucano!!
Sabia que ele decretou que era proibido arrancar pés de cajú???
Sabe que pé de cajú é um emaranhado danado com seus galhos e dificultava a locomoção pelos matos. E mesmo assim, Nassau proibiu arrancarem pés de cajú. Cada um que se virasse para passar pelo meio do mato!!! rsrsrs ...
Dizem que se não fosse ele, nem saberíamos o gosto do cajú!! rsrsrs ...
Valeu, Nassau! Adoro cajú!!!

 (Aqui, os 21 passeios que eu fiz pelo Projeto Conheça o Recife)

Veja aqui - Circuito do Artista Plástico - Parque D. Lindu e Museu do Estado
Veja aqui - Circuito Ilhas do Recife - Igreja Madre de Deus e Casa da Cultura
Veja aqui - Circuito Casa Forte - Museu do Homem do Nordeste
Veja aqui - Circuito Várzea - Instituto Ricardo Brennand
Veja aqui - Circuito Derby - Praça do Derby e Igreja de Santo Antônio
Veja aqui - Circuito dos Fortes - Forte do Brum e Sítio da Trindade
Veja aqui - Circuito Brasil Holandês - Praça de Casa Forte e Monte dos Guararapes
Veja aqui - Circuito Poço da Panela - Museu Murillo La Greca e Poço da Panela
Veja aqui - Circuito Ares Franceses na cidade- Teatro de Santa Isabel e Mercado de São José
10 Veja aqui - Circuito Influência Inglesa no Recife - Cemitério dos ingleses e Caxangá Golf Clube
11 Veja aqui - Circuito Apipucos - Casa/Museu Gilberto Freyre
12 Veja aqui - Circuito do Carnaval - Sede do Galo da Madrugada, Exposição de Estandartes de Maracatu, Escola de Samba Gigante do Samba e Encontro de Blocos Líricos. 
13 Veja aqui - Circuito Bairro do Pina -Igreja Nossa Senhora do Rosário, Teatro Barreto Junior e Aeroclube de Pernambuco
14 Veja aqui - Circuito dos Pátios - Pátio do Sebo, Pátio do Carmo, Pátio de São Pedro e Pátio de Santa Cruz. 
15 Veja aqui - Circuito da Várzea - Oficina Brennand, Igreja Nossa Senhora do Rosário, Igreja do Livramento.
16 Veja aqui - Circuito Iputinga - Igreja Nossa Senhora da Conceição, Espaço cultural da Moeda, Casarão do Barbalho, Ateliê de Val Bonfim e Atelier de Corbiniano.
17 Veja aqui - Circuito Zona Norte - Pedalando
18 Veja aqui - Circuito Imbiribeira - Pedalando
19 Veja aqui - Circuito Cinema e Arte - Cinema São Luiz
20 Veja aqui - Circuito Recife Década de 40 - Museu da Cidade do Recife
21 Veja aqui - Circuito Samba e Maracatu - Escola de Samba Gigante do Samba, Maracatu Estrela Brilhante

BannerFans.com

• FACEBOOK
• TWITTER
• BLOG