segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

* Um estado rico em cultura: PE

Quer me ver feliz??? Me solte aqui!!! rsrs
Quando eu vi a concentração das culturas das cidades pernambucanas, saí correndo pra ver de perto!!
Eu me arrepio mesmo!!

E não é só pra tirar foto, não ....sei tudo sobre o assunto!
Eu não falo que sou uma pernambucana roxa?? Não é da boca pra fora, não!!



Caretas, de Triunfo (PE)


Os caretas são figuras satíricas que transformam o carnaval de Triunfo em um dos mais irreverentes do Estado. 
Segundo alguns estudiosos, a origem da festividade não faz parte do período carnavalesco, mas do Natal, quando dois Mateus de um reisado se embriagaram durante a apresentação e foram proibidos de participar da manifestação. 
Inconformados, eles vagaram fantasiados pelo município, fazendo barulho com um chocalho e inaugurando a brincadeira.

Eles usam o relho (um chicote de corda) pra efetuar os estalos mais bonitos:




Vídeo:
video

Caboclo de Lança, de Nazaré da Mata (PE)

 Maracatu




Caiporas, de Pesqueira (PE)

Diz a lenda que tochas sobrenaturais aparecem em cima de árvores, assustando os caçadores do município de Pesqueira. As assombrações ficaram conhecidas como caiporas, seres noturnos que pregam peças em caçadores e cães. Para "acalmar" os caiporas, colocavam-se fumo e cachaça nos troncos das árvores. 
Em 1962, João Justino criou o bloco carnavalesco Os Caiporas, que transformou o que era assustador numa grande diversão.


Bloco lírico, Bloco O Bonde

Também conhecidos como blocos de pau-e-corda, os blocos líricos são agremiações incomparáveis, famosas pelas fantasias bem-elaboradas, que saem nas ruas ao som de uma orquestra de instrumentos de cordas e sopro, composta por banjos, bandolins, violões, cavaquinhos, flautas, saxofones e clarinetas



Cultura por todo lado!



Bloco Folclórico de Pesqueira



Boneco Gigante de Olinda, O Homem Da Meia Noite


Clube Carnavalesco de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite é uma das mais antigas e respeitadas agremiações a circular nas ladeiras do Sítio Histórico de Olinda.
Ele abre oficialmente o Carnaval de Olinda há quase 80 anos, sempre à meia-noite do sábado de Zé Pereira.

Passistas de frevo


A decoração do carnaval do Recife, ainda sendo instalada




BannerFans.com• FACEBOOK
• TWITTER
• BLOG